Dar a cara

Comprimido

http://www.comprimido.pt

Futebol

Olá a todos.

Hoje vamos falar sobre dar a cara,  não para receber um beliscão, mas como meio para chegar aos seus clientes.

Numa sociedade onde o virtual e o digital já fazem tanto parte das nossas vidas como o ar que respiramos, é fácil perdermos a noção de que por detrás de todos os ecrãs que medeiam as nossas relações, todos somos pessoas de carne e osso. As nossas empresas, invariavelmente, tornaram-se um reflexo disso e foram perdendo, na sua forma de comunicar online, o lado mais Humano.

O video, de alguma forma, permite contrariar este processo. No fundo, as empresas são organismos criados por pessoas, para servirem pessoas. Mas hoje, com tudo a desenvolver-se na web, muitas vezes baseamos o nosso único contacto com as empresas pelo site, página no Facebook ou Twitter. E se por um lado é importante que a presença web seja apelativa, profissional e cuidada, também é importante não esquecer a parte Humana por detrás do negócio, e que por vezes é tão essencial na venda (e na compra, claro!).

Seja num video de apresentação da empresa, seja num video de apresentação dos serviços, dar a cara dá credibilidade. Mostra que existe alguém do outro lado e humaniza o processo comercial.

Muitas pessoas decidiram ir mais longe e matar dois coelhos numa só cajadada. Não só dando a cara, mas aproveitando também para criar conteúdos regulares, numa lógica continuidade, e agarrar a audiência. Veja-se o exemplo de Gary Vaynerchuk, emigrante Bielorrusso, que transformou a sua pequena loja de vinhos num sucesso mundial devido aos seus artigos em video no Youtube.

Aceita o desafio de dar uma cara, a sua cara, à sua empresa ou negócio?

Até à próxima semana,
Ricardo Constantino

fonte:
http://www.shortfuse.pt

Comprimido

http://www.comprimido.pt

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

You might also likeclose