Profissão: youtuber. É assim que se faz dinheiro com canais do YouTube

Comprimido

http://www.comprimido.pt

Aos 23 anos e às voltas com a vida na universidade, Jamie, Barry e Mike não sabiam cozinhar nadinha, salvo provavelmente uns ovos estrelados e queijo derretido. Os jovens britânicos eram amigos desde a infância, encontravam-se regularmente em pubs para a cerveja do costume e começaram a pedir a um quarto amigo, Ben, que lhes desse umas dicas – afinal, ele estava a estudar para se tornar chef. Acharam que teria piada se filmassem as aventuras na cozinha e lançaram um canal no YouTube, Sorted Foods.

Quatro anos e 1,152 milhões de subscritores depois, fazem mais de três milhões de euros por ano, tornaram-se celebridades da comida e estão agora num tour mundial que começa com três meses nos Estados Unidos. “Era apenas um hobby, não havia um grande plano. Ainda não há um grande plano”, diz ao Dinheiro Vivo Jamie Spafford, que se licenciou em Marketing e agora aplica esses conhecimentos à expansão da marca. “Ficámos chocados quando começámos a ter sucesso”, lembra, sorrindo.

Estabeleceram uma parceria com o YouTube e gabam-se de ter o canal com maior nível de envolvimento dos utilizadores no último ano. Foi isso que levou ao tour Lost and Hungry (Perdidos e Esfomeados), que não tem roteiro específico. Começou em Nova Iorque nesta semana, com um lançamento em grande no Today Show da NBC, e vai depois para a Califórnia. Os amigos estão a pedir às pessoas que lhes digam onde e o que devem comer, numa aventura autofinanciada que seguirá para a Europa ou a Ásia. “Muitas coisas surgiram a partir do canal, incluindo a publicação de livros, uma linha de utensílios de cozinha e oportunidades com marcas”, acrescenta Jamie. A cadeia de supermercados Tesco e a fabricante de eletrodomésticos Kenwood são algumas das parceiras, mas o grupo de amigos também já tem apps para iPhone e iPad. Nos próximos dois ou três anos, vão viajar pelo mundo e provar comida sugerida pelos fãs: é o expoente máximo da celebridade online.

Comprimido

http://www.comprimido.pt

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

You might also likeclose