TV tradicional perde terreno para smartphones e tablets

Comprimido

http://www.comprimido.pt

 

 

Os consumidores veem cada vez menos televisão no seu meio por excelência, o televisor, preferindo faze-lo através de outros dispositivos, uma tendência que levará a uma quebra na venda dos aparelhos.As conclusões são da Accenturetendo por base os resultados de um estudo divulgado a par da CES, que começa hoje em Las Vegas, e que indicam que o número de telespectadores que veem emissões de televisão numa determinada semana baixou dos 71% registados em 2010, para 48%.Nesta mesma linha, a percentagem de consumidores inquiridos que pretende comprar um televisor durante os próximos 12 meses caiu de 35% para 32%.Entre as variáveis mais importantes na compra de um televisor, o preço é aquele que é referido mais vezes (55%), seguido do suporte a alta definição (42%). Apenas um quarto dos inquiridos citaram a funcionalidade 3D como uma característica importante na aquisição de uma TV nova, enquanto outros 25% dariam preferência à capacidade de ligação à Internet.A análise da Accenture mostra outros dados sobre hábitos de consumo, nomeadamente o crescimento do número de adeptos da mobilidade, com 53% dos inquiridos a afirmarem ter um smartphone, quando em 2010 a percentagem se situava nos 28%. A percentagem das pessoas que têm tablet passou dos oito por cento para os 12% em 2011.

As intenções de compra confirmam a “alta” do setor móvel, com 27% dos inquiridos a admitirem que têm planos no sentido de adquirirem um smartphone (comparativamente a 24% registados no estudo anterior) e/ou 16% a referirem a mesma intenção mas para os tablets (o dobro do registado em 2010).

Smartphones e tablets são usados, cada vez mais, como dispositivos para “consumir” conteúdos de entretenimento, com 44% dos utilizadores de tablets a fazerem streaming de media e 43% a descarregarem aplicações pelo menos uma vez por semana.

fonte:
 

Comprimido

http://www.comprimido.pt

Powered by WP Bannerize

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

You might also likeclose